29 de Junho de 2022

Bahia é novo signatário do Compromisso Global da ONU e EMF por economia de plásticos

Bahia é novo signatário do Compromisso Global da ONU e EMF por economia de plásticos

Nesta segunda-feira (27), durante a abertura da Conferência dos Oceanos, a ONU Meio Ambiente anunciou 21 novos governos signatários do Compromisso Global por uma Nova Economia dos Plásticos, 17 deles na América Latina. No Brasil, dez estados se comprometeram: Bahia, Alagoas, Ceará Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e São Paulo. No México, são três estado: Baja California, Baja California Sur, e Sinaloa, além das cidades mexicanas Querátaro, Ensenada e San Miguel de Allende. 
Esses governos se unem a mais de 500 signatários alinhados por uma visão comum para uma economia circular dos plásticos, na qual eles nunca se tornam resíduos ou poluição. Através do Compromisso Global, empresas e governos se comprometem a combater a poluição plástica em sua origem, mudando a forma de produzir, usar e reutilizar os plásticos.
 
Isso significa definir metas para 2025 para eliminar os itens plásticos dos quais não precisamos, inovar para que todos os plásticos sejam projetados para poderem ser reutilizados, reciclados ou compostados na prática e em segurança, e circular tudo o que usamos para que esses materiais se mantenham dentro da economia e fora do meio ambiente. Anualmente, os signatários devem relatar o seu progresso.
 
Com o anúncio dos novos signatários, o número de governos, entre cidades, estados e países comprometidos com a mesma visão para uma nova economia dos plásticos deve subir para 50. Segundo Thais Vojvodic, gerente sênior na Iniciativa dos Plásticos da Fundação Ellen MacArthur, os governos têm um papel essencial a desempenhar para que a visão da economia circular dos plásticos se concretize.
 
"A participação dos governos no Compromisso Global é fundamental para a transição para uma economia circular de fato ocorra. Esses atores têm o poder de implementar políticas que incentivem o desenvolvimento e a expansão de soluções de economia circular, além de políticas que impeçam o avanço de práticas que contribuem com a poluição. Governos do mundo todo são signatários do Compromisso Global e esse alinhamento torna-se ainda mais relevante agora, momento em que um Tratado Global para os plásticos está sendo desenvolvido pela ONU."


Tags Relacionadas

bahia, novo, signatário, compromisso, global, onu, emf, por, economia, plásticos,

Últimas notícias